Prefeitura de Anápolis

Unidades de ensino da rede municipal desenvolvem atividades voltadas para a saúde dos estudantes

Parceria com a Secretaria de Saúde leva a escolas e Cmeis ações ligadas a higiene bucal, prevenção a obesidade infantil e Covid-19, além de alertar sobre a atualização da caderneta de vacinação e perigos da dengue

Foto: Ana Laura Zanni

A Semana de Educação para Vida, instituída pela Lei federal de nº 11.988, é um evento que faz parte do calendário letivo e tem o objetivo de desenvolver atividades que não constam no currículo obrigatório, mas que fazem parte da vivência do estudante. Desde o dia 16 de novembro, muitas unidades contaram com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde para discutir assuntos como obesidade infantil, higiene bucal, prevenção à Covid-19, os perigos da dengue e também sobre a importância de se atualizar a caderneta de vacinas.

“Uma educação transformadora é aquela que está vinculada com as ações da vida”, ressalta a secretária de Educação, Eerizania de Freitas, sobre a relevância das atividades preparadas pelas unidades.

A parceria entre as secretarias de Educação e Saúde se faz por meio do Programa Saúde na Escola (PSE), dos Ministérios da Saúde e Educação, proporcionando melhoria na qualidade de vida da população com ações envolvendo a participação da comunidade escolar, equipes da atenção básica e da educação básica pública. “A articulação entre Escola e Rede Básica de Saúde é a base do Programa Saúde na Escola e é uma estratégia de integração da saúde e educação para o desenvolvimento da cidadania e qualificação das políticas públicas brasileiras”, conta a enfermeira e responsável técnica pelo programa no município, Lígia Freire de Souza.

Além do Programa Saúde na Escola, que conta com médicos, dentistas, enfermeiros e agentes comunitários de saúde, os agentes de endemias do Núcleo de Informação, Educação e Comunicação (Niec) também têm desenvolvido ações para o público infantil. “O trabalho com as crianças é muito importante porque elas são multiplicadoras de informação”, frisa a gerente epidemiológica, Patrícia Godoi, a respeito do teatro de fantoches sobre a dengue que tem acontecido nas unidades da rede.

A programação da Semana Educação para a Vida vai até o dia 20 de novembro.

Compartilhar publicação