Prefeitura de Anápolis

Procon Anápolis e Agência Nacional do Petróleo fiscalizam postos

Em nenhum dos estabelecimentos visitados foi encontrada irregularidade

Foto: Paulo Morais

Uma ação do Procon Anápolis em conjunto com a Agência Nacional do Petróleo (ANP) está verificando a qualidade do combustível em postos do município nesta sexta-feira, 19. Dez estabelecimentos foram vistoriados até agora e o objetivo é dar segurança ao consumidor na hora do abastecimento. Dos locais visitados, não foi encontrada nenhuma irregularidade. “Esse é o mínimo de respeito que os cidadãos merecem depois do reajuste no preço do produto”, ressaltou o vigilante Pedro Henrique Alencar Silva, que abastecia seu veículo durante a ação.

Glauber Nicioli, especialista em regulação da ANP, representou a Agência em mais uma cooperação com o Procon, que tem estreitado cada vez mais a ligação direta com órgãos nacionais que possam auxiliar na defesa dos interesses do consumidor local. “Até agora não verificamos nada em relação à qualidade, mas sempre estamos em alerta”, explicou. De acordo com ele, a ANP faz estudo e emite o relatório técnico para verificar se há algum problema, como por exemplo indícios de cartel.

O técnico em defesa do consumidor do Procon Anápolis, Pedro Henrique Fonseca Bernardes, afirmou que eles fazem um panorama com relação ao preço e à qualidade do produto que está sendo comercializado. “O Procon tem ficado vigilante. Caso seja encontrada alguma irregularidade, também podemos fazer autos de infração e lavrar multas”, advertiu, informando que a ação corre em sigilo (sem aviso prévio) e deve continuar.

Para o diretor do Procon Anápolis, Wilson Velasco, a fiscalização de hoje, quando comparada às ações anteriores, demonstra que o comerciante também está mais rigoroso. “Não termos encontrado nenhuma irregularidade confirma que nossa rotina de trabalho tem influenciado na conscientização das boas práticas”, comemorou.

Compartilhar publicação