Prefeitura de Anápolis

Eleição de novos membros do Conselho reforça políticas públicas para a Cultura

Anápolis repassou R$ 2,4 milhões de recursos da Lei Aldir Blanc para o setor e discute rumos do segmento no município

Foto: Gislaine Matos

A discussão dos horizontes da cultura em Anápolis e o diálogo com a comunidade são algumas das tarefas dos novos membros do Conselho Municipal de Cultura (CMC), eleitos durante a 10ª Conferência Municipal de Cultura, no Ginásio Internacional Newton de Faria, na última terça-feira, 19. A realização do evento é da Prefeitura de Anápolis, por meio da Secretaria Municipal de Integração Social, Esporte e Cultura.

No evento, foi feita a prestação de contas da gestão municipal acerca das políticas públicas em Cultura, apresentando os projetos realizados, os serviços prestados e investimentos no setor. Os destaques foram a execução dos recursos federais da Lei Aldir Blanc, que contou com editais nos anos de 2020 e 2021, com o objetivo de repassar à classe cultural os R$ 2,4 milhões destinados a Anápolis. Outro ponto tratado foi o Fundo Municipal de Cultura, que conta com o pagamento e realização dos projetos do edital 2020, com o investimento total em R$ 800 mil, e também os últimos preparativos para lançamento da edição 2021.

“Quero trazer cada vez mais o Conselho para pensar os rumos da área cultural no município”, declarou a secretária de Integração Social, Esporte e Cultura, Andréa Lins. A Conferência contou com aproximadamente 150 pessoas, entre artistas, produtores culturais, servidores municipais e membros do CMC, com os trabalhos de eleição conduzidos pela presidente do Conselho, Delvanira Bernardo.

“Uma das linguagens da cultura Hip Hop, a dança de rua (Break), que será modalidade olímpica para os jogos de 2024, tem nesse diálogo e reconhecimento do município os fatores promissores para darmos oportunidade para talentos anapolinos”, comenta Luciano Paulino (Raga Luke), conselheiro municipal reconduzido. As eleições das oito comissões setoriais, das diferentes linguagens, contaram com candidatos para todas as vagas. “Temos a principal tarefa, que é pensar nos rumos que a produção cultural e as políticas de cultura terão, superando os efeitos que a pandemia impôs ao setor”, aponta a diretora de Cultura, Nabyla Carneiro.

Confira a lista de novos conselheiros de sociedade civil e suas comissões setoriais:
Setorial de Arte Cênica, Música e Dança: Wallisten Almeida e Júnio Cesar
Setorial Artes Visuais: Marcus Gomes e Ilmara Damasceno
Setorial de Livro e Literatura: Alessandro Carneiro e Lucas Vinícius
Setorial de Ciências Tecnologia e Educação: Michel Roriz e Larissa Ferreira
Setorial de Patrimônio Cultural e Artesanato: Jairo Alves e Soraia Alves
Setorial Eventos de Rua: Charlles Müller e Luciano Paulino “Raga Luke”
Setorial Instituições Sociais: Danielle Pereira Nava e Aguida Figueiredo
Setorial Audiovisual: Thiago Souza e Rafaela Alves Andrade

Compartilhar publicação