Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente dá início à formação continuada para conselheiros tutelares

Encontros, que aconteceram nesta sexta-feira, 2, e seguem até dia 7, tratam de assuntos como as atribuições do Conselho Tutelar e Estatuto da Criança e do Adolescente

São cerca de 300 pessoas, dentre os conselheiros tutelares, conselheiros de direitos da criança e do adolescente, servidores e integrantes da rede de proteção, que estão participando de uma formação continuada que visa contribuir e auxiliar estes profissionais no atendimento ao seu público-alvo. A abertura contou com a presença do Juiz da Infância e da Juventude, Dr. Carlos Limongi, da Secretária Municipal de Integração, Eerizania Freitas, do vice-presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente de Goiás, Ricardo Costa, e da titular da Delegacia de Apuração de Atos Infracionais, Drª Kenia Segantini.

Para o Dr. Carlos Limongi, um dos formadores do curso, é essencial que todos participem e se envolvam diretamente com as questões preventivas à violência contra crianças e adolescentes. “Cada um tem que reconhecer o seu papel na sociedade enquanto protetores e defensores dos direitos da nossa juventude. Se eles nos procuram, enquanto conselho, rede de proteção ou Juizado, é porque precisam, e por isso devemos dar a eles o melhor atendimento possível.”

“A rede de proteção à criança e ao adolescente na cidade de Anápolis é extremamente fortalecida graças a cada integrante, que trabalha de forma incessante para que não aconteçam violações de direitos. Nós não tratamos casos anônimos, nós conhecemos cada criança e cada adolescente atendido e atuamos em conjunto com muita responsabilidade e dedicação”, ressalta Eerizania Freitas, secretária municipal de Integração.

Participam da formação os novos conselheiros tutelares que foram eleitos no ano de 2023 e que atuarão no quadriênio 2024/2027. Para Lorena Silva, nova conselheira, estes momentos de formação contribuem para o aprendizado e a troca de experiências. “Estar aqui hoje, entre colegas, e aprendendo com formadores renomados e com tantos anos de trabalho, nos incentiva mais ainda a darmos o nosso melhor na defesa das crianças e adolescentes da nossa cidade”, conta.

Estão sendo abordados temas como a ética, comportamento, postura e aspectos gerais e específicos dos conselheiros, as atribuições do Conselho Tutelar, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o Conselho Tutelar e a Política Pública de atendimento à criança e ao adolescente, medidas de proteção e termo de entrega e responsabilidade, a relação do Ministério Público com o Conselho Tutelar, entre outros. O próximo encontro acontecerá no dia 7 de fevereiro, das 8h às 18h, no Teatro Municipal de Anápolis.

Compartilhar publicação