Prefeitura de Anápolis

Anápolis cria Conselho de Promoção da Igualdade Racial

Cerimônia também deu posse a novos membros dos Conselhos da Cultura e dos Direitos da Mulher

Foto: Bruno Velasco

Anápolis constitui, pela primeira vez, o Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, criado na atual gestão como instrumento para ampliar a luta por direitos. A cerimônia de posse dos 15 primeiros membros, para o biênio 2021-2023, ocorreu nesta quarta-feira, 3, no miniauditório da Prefeitura de Anápolis, junto à de membros dos Conselhos Municipais de Cultura e dos Direitos da Mulher. Participaram o prefeito de Anápolis, Roberto Naves, a primeira-dama, Vivian Naves, e a secretária de Integração Social, Esporte e Cultura, Andrea Lins, e vereadores.

Embora na mesma cerimônia, as posses de cada conselho aconteceram de forma separada, evitando aglomerações e seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19. O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher foi o primeiro a tomar posse para o biênio 2021-2023. O conselho luta para garantir os direitos das mulheres anapolinas, e graças ao trabalho junto à atual gestão, já implantou na cidade a Patrulha Maria da Penha e a Casa Abrigo, para vítimas de violência acompanhada de seus filhos, única no Estado de Goiás.

Em seguida, foram empossados os membros do Conselho Municipal de Cultura para o biênio 2021-2023. O conselho busca o desenvolvimento cultural no município, através de variados tipos de arte, valorizando os artistas locais e levantando pautas de relevância para o setor. A atual gestão garantiu a destinação de 100% dos recursos do Fundo Municipal de Cultura a projetos dos artistas da cidade.

Segundo a diretora de Proteção Social Especial e membro do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Regina Brasil, é motivo de orgulho “fazer parte do conselho que luta e garante os direitos de nós, mulheres. Fico grata por poder lutar junto ao poder público, por políticas que nos favoreçam.”

Para o bailarino e membro do Conselho Municipal de Cultura, Wallisten Almeida, poder defender o avanço cultura na cidade é gratificante. “Temos muito a ofertar para as pessoas. Fico lisonjeado em poder defender o avanço cultural na cidade”, frisou.

Para a diretora executiva do Sindsaúde Goiás e membro do novo Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, Silvia Regina do Nascimento, a criação do conselho é uma vitória que faz parte da luta pela igualdade. “O Conselho é de suma importância para a luta pela igualdade racial. Há mais de dez anos lutamos por este conselho, pois, como população negra, nós temos as nossas demandas específicas, e esse Conselho veio fortalecer tudo isso, integrando nossas necessidades ao poder público”, disse.

“Nós entendemos a importância de ter um conselho que garanta os direitos da mulher e nós vamos fazer a nossa parte. Sobre o conselho de Cultura, antes os artistas eram obrigados a concorrer com os projetos da Prefeitura, hoje não mais. O Fundo de Cultura é inteiramente voltado aos artistas graças ao Conselho, que expôs esta necessidade. O Conselho voltado para a igualdade racial é uma forma de ampliar o debate junto à população”, concluiu Roberto Naves.

Compartilhar publicação