Prefeitura de Anápolis

Mais de 300 peças de artesanato são doadas para bazar beneficente

Produtos são contrapartidas de artistas contemplados pela Lei Aldir Blanc

Foto: Arquivo

A arte de mãos dadas com o social. A Prefeitura de Anápolis, por meio da Secretaria Municipal de Integração Social, Esporte e Cultura, realizou ontem, 25, a doação de cerca de 300 produtos de artesanato para o Projeto Colmeia. Os produtos serão destinados a um bazar beneficente, dia 11 de dezembro, em prol das vítimas de câncer, assistidas pela entidade. Tais produções artísticas são contrapartidas cumpridas pelos artesãos contemplados pela Lei Federal nº 14.017/2020, a Lei Aldir Blanc (LAB). A iniciativa é da Prefeitura de Anápolis, a partir de recursos emergenciais do Ministério do Turismo.

“Esta doação chegou em um momento importante, pois com a inviabilidade de realizar eventos para arrecadação há mais de um ano, contaríamos com um volume menor de artesanatos e uma estimativa menor de receita”, explica a presidente da entidade, Mônica Hajjar.

Uma das fontes significativas de arrecadação do projeto são eventos que, antes da pandemia, eram realizados frequentemente, de bazares a festas. Esta receita ajudava os mais de 100 atendidos que se encontravam em áreas como o suporte (cadeiras de roda, andadores), alimentação acompanhada e os medicamentos – itens essenciais e caros. Em grande parte, a instituição conta com voluntariado nas suas atividades, em especial a venda do artesanato oferecido pelos artesãos.

“Através de seus talentos artísticos, os artesãos que foram ajudados no enfrentamento das consequências da pandemia passam a dar um alento a estas pessoas que necessitam”, explica a secretária municipal de Integração Social, Esporte e Cultura, Andréa Lins, que esteve no ato da entrega junto à primeira-dama, Vivian Naves, a diretora de Cultura, Nabyla Carneiro, e o curador de artes visuais da Prefeitura, Paulo Henrique.

Emergencial
A Lei Aldir Blanc, que concede auxílio à classe artística dos Estados e municípios, destinou para Anápolis cerca de R$ 2,4 milhões no ano passado, com mais da metade deste recurso já repassada aos artistas locais. Foram 466 inscritos contemplados, entre espaços, grupos, duplas ou artistas individuais. A mesma Lei prevê contrapartida filantrópica e social por parte dos artesãos. “A contrapartida é a multiplicação dos recursos da Aldir Blanc, mostrando que não são somente os artistas, mas toda a sociedade ganha de diversas formas”, destaca Nabyla.

Bazar Projeto Colmeia
Data: 11/12/21
Horário: 9h às 14h
Local: Sede do Projeto Colmeia – Av. Madre Maria dos Anjos, Quadra 65, Lote 13, Bairro Jundiaí

Compartilhar publicação