Projeto Zatopek

No seu 5º ano de existência, o projeto zatopek é uma das mais brilhantes iniciativas de inclusão social através do esporte. Hoje conta com duas frentes de trabalho: a primeira são as competições interescolares envolvendo alunos das redes: municipal, estadual e privada. Uma vez por mês estas escolas se encontram para disputar, provas de fundo, que variam de 1.609m a 4 km. Os alunos disputam em forma de circuito oito provas no ano, acumulando pontos conforme ranking da competição. No final do ano os melhores alunos e as melhores escolas são agraciadas com troféus. Através desta competição, os alunos rankeados podem atingir o nível de excelência escolar e poderão participar do NEAE - Núcleo de Excelência em atletismo escolar.

A segunda frente de trabalho é a equipe que cuida com olhos de águia dos alunos/atletas que se destacam no circuito escolar. Estes alunos formam o Núcleo de Excelência que mantém 50 alunos/atletas em regime especial de treinamento, contando com dois supervisores (profissionais de educação física), dois estagiários de educação física, um médico, um fisiologista e toda a equipe do programa escola viva no apoio logístico. Os alunos/atletas começaram o ano fazendo exames laboratoriais, tendo atendimento com fisiologista, concluindo exames cineantropométricos e fisiológicos.

No ano passado frutos começaram a ser colhidos, o núcleo representou nossa cidade no campeonato goiano de mirins, conquistando o primeiro lugar. Esse título vem coroar o esforço de todos os alunos, profissionais envolvidos no projeto, e para dar uma resposta positiva às famílias dos alunos que acreditam no trabalho da Secretaria de Educação.