Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Trânsito liberado no viaduto entre as avenidas Goiás, Brasil e Rua Barão do Rio Branco

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

08/08/2017 12h12 - Atualizado em 08/08/2017 14h13

Trânsito liberado no viaduto entre as avenidas Goiás, Brasil e Rua Barão do Rio Branco

O prefeito Roberto Naves foi ao local e cumprimentou alguns condutores, que passaram pela primeira vez no elevado

O relógio marcava 9h30 desta terça-feira, 8, quando os primeiros veículos iniciaram a travessia do viaduto Walterci de Melo, que teve o trânsito liberado, depois que as obras, retomadas em fevereiro, foram concluídas, após um ano e meio de intervenções. O prefeito Roberto Naves foi ao local e cumprimentou alguns condutores, que passaram pela primeira vez no elevado.

 “Agora, sim!” – disse um motorista, em meio ao tráfego que começava a fluir. “É um passo muito grande para a cidade que assumimos em janeiro. Pra quem imaginava que não fôssemos nem pagar a folha de servidores, ela está em dia e grande parte das obras retomadas”, relatou o prefeito.

O projeto, que teve a construção iniciada em dezembro de 2015, tem 370 metros de extensão, 25 metros de altura e foi concebido no modelo estaiado, ou seja, está suspenso pelos cabos que dão equilíbrio e sustentação. Ele eliminou os semáforos da Rua Barão do Rio Branco e da Avenida Goiás e o tempo de conversão das vias laterais.

Apesar de estar na região central, também vai repercutir na qualidade de vida das pessoas que moram em outras regiões, já que colabora para que passem menos tempo no trânsito. Outro benefício inestimável é o sistema de drenagem que eliminou os transtornos das inundações na região central do município.

Ele faz parte do conjunto arquitetônico que engloba o viaduto Deocleciano Moreira Alves, no cruzamento da Avenida Brasil com a Rua Barão do Rio Branco, o estacionamento Engenheiro Amélio Luiz Benedetti, que está sendo construído sob o trecho liberado hoje e o elevado entre a Avenida Brasil e a Rua Amazílio Lino, que vai levar o nome de Idelfonso Limírio Gonçalves, previsto para ser entregue no dia 30 de setembro.

Tudo que foi feito nos viadutos, somam R$ 34 milhões, dos R$ 47 milhões já utilizados no Plano de Mobilidade Urbana, que vai investir R$ 74 milhões na melhoria da acessibilidade no município, com implantação de corredores exclusivos para o transporte público nas avenidas Brasil Norte e Sul e Universitária. Já nas avenidas Pedro Ludovico, Presidente Kennedy, Fernando Costa, São Francisco e JK, serão adaptados corredores preferenciais. O projeto ainda conta com melhorias nos pontos de ônibus e iluminação nas vias. Todo o projeto dá ênfase à acessibilidade e ciclovias.

 

Trânsito liberado no viaduto entre as avenidas Goiás, Brasil e Rua Barão do Rio Branco