Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Paz na escola é tema da Secretaria de Educação para 2020

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

12/02/2020 15h47 - Atualizado em 12/02/2020 15h59

Paz na escola é tema da Secretaria de Educação para 2020

O assunto servirá de pano de fundo em projetos para a implementação da nova Base Nacional Comum Curricular

Foto: Bruno Velasco - Dircom

A Secretaria Municipal de Educação (SEMED)lançou, nesta terça-feira, 11, o tema institucional para 2020: Educação pela Paz.A escolha é inspirada na campanha do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) – Justiça pela Paz em Casa – de combate à violência doméstica. O anúncio oficial aconteceu durante a apresentação do projetoTalentos do CorAção, na Escola Municipal Professora Lena Leão, e contou com a presença de mais de 500 estudantes, professores e servidores da Educação.O objetivo é incentivaras boas práticas com foco na afetividade e no comportamentoao longo doano letivo.

Anualmente, a SEMED define um tema para nortear os projetos que serão desenvolvidos no decorrer do calendário escolar. O tema deste ano dialoga como projeto Talentos do CorAção, uma iniciativa para se trabalhar, mês a mês, as competências socioemocionais listadas pela BNCC (Base Nacional Comum Curricular) para o processo de aprendizagem dos estudantes.

O Talentos do CorAção contempla as diretrizes apresentadas pelo documento normativo,traduzidas em linguagem e práticas lúdicas e de fácil entendimento para as crianças. Em cada mês letivo será trabalhado um dos dez “talentos” através de ações com os alunos. São eles: empatia, autonomia, cultura, autoconhecimento, responsabilidade, conhecimento, argumentação, tecnologia, comunicação e criatividade.

A assessoria pedagógica da rede municipal, pautada pela BNCC, entende que as competências são talentos inatos do ser humano, que precisam ser despertados e encorajados durante a infância. A primeira competência abordada é a empatia. Um dos objetivos é criar, em fevereiro, ações que promovam a capacidade psicológica da criança de se projetar e sentir o que sentiria uma outra pessoa– caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela.

Fernanda Bernardes da Costa, gerente da Educação Infantil, explica que “a nossa missão não é somente ensinar a teoria, mas também a prática. Uma das realizações de fevereiro, por exemplo, propõe aos alunos que arrecadem alimentos juntamente com as famílias para fazerem doações a abrigos de idosos”.

O Centro de Formação de Profissionais da Educação (CEFOPE) iniciou a preparação dos educadores em 2017 e continua oferecendo oficinas de formação continuada para amparara implementação da BNCC. “Anápolis está entre os municípios de todo o Brasil que mais se prepararam com antecedência [para a BNCC], por conta da formação oferecida pelo Centro, que contou com praticamente todos os integrantes da rede municipal de educação”, afirma o diretor do CEFOPE, Márcio Leite de Bessa.

A secretária municipal de Educação, Sonja Maria Lacerda, acredita que a sinergia entre o tema institucional de 2020 e o projeto Talentos do CorAção é um arranjo necessário para o desenvolvimento pleno das crianças. “A educação começa, sim, desde os primeiros anos de idade. É nosso dever trabalhar com essas crianças para que elas estejam, cada vez mais, inseridas na escola enquanto comunidade, e isso é imprescindível. Não estamos aqui só para oferecer educação. Nosso dever é muito maior do que isso. É formar pequenos cidadãos”, conclui a secretária.