Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Mutirão vai realizar 5.898 cirurgias e exames

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

16/12/2019 16h01 - Atualizado em 16/12/2019 16h08

Mutirão vai realizar 5.898 cirurgias e exames

Credenciamento realizado pela Prefeitura vai otimizar a fila de cirurgias e procedimentos e atender milhares de pacientes

Foto: Bruno Velasco - Dircom

Para zerar a fila de cirurgias eletivas na cidade, o prefeito Roberto Naves assinou nesta segunda-feira, 16, um contrato com o Hospital Evangélico Goiano (HEG) para a realização de 5.898 procedimentos cirúrgicos e exames de diagnóstico como endoscopia digestiva e colonoscopia. O credenciamento da unidade executante foi feita por meio de chamamento público. 

Do total de 5.898 procedimentos, 2.548 são cirurgias e 3.350 são exames. Cerca de R$ 4 milhões serão utilizados para cirurgias de vesículas, hérnias, rins, tireóide, vasculares e revascularização, além de especialidades como ginecologia, pediatria, otorrinolaringologia, entre outras.

O exame de colonoscopia, por exemplo, será feito pela primeira vez pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Anápolis. Antes, os pacientes eram encaminhados para Goiânia e tinham de aguardar vagas nas unidades da capital. “Muitas coisas aconteceram na área da saúde nos últimos três anos. Trabalhamos muito em 2019, fizemos um credenciamento rigoroso e muito transparente”, disse o prefeito Roberto Naves. “Esse mutirão vai atingir muitas famílias que precisam e não podem esperar”, completou.

O secretário municipal de Saúde, Lucas Leite, afirmou que o HEG tem estrutura boa para atender os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). “Fizemos um levantamento e vimos que nos últimos três anos 6 mil cirurgias foram feitas. Mas, a demanda é maior. Por isso estamos fazendo esse mutirão. Iremos trabalhar muito para diminuir as filas de cirurgias”, disse.

Já o diretor executivo do HEG, Ernei de Pina, assinou embaixo. “Analisamos juntos caso a caso e acredito que daqui para o final do ano o número de pacientes que precisam de cirurgias vai diminuir. O prefeito Roberto Naves está empreendendo na saúde de Anápolis”, falou.

Mutirão
Para a realização das cirurgias e procedimentos, foi organizado um mutirão de acordo com a fila de pacientes já existente no município formada por critérios como gravidade e temporalidade, acompanhada diariamente pelo Ministério Público.