Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Mobilização em favor da vida

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

04/09/2019 15h48 - Atualizado em 05/09/2019 17h41

Mobilização em favor da vida

Prefeitura realiza o 2º Fórum Municipal de Prevenção ao Suicídio no dia 10, no auditório do Senac

A cor amarela significa luz, calor, descontração, otimismo e alegria. O amarelo simboliza o sol, o verão, a prosperidade e a felicidade. É uma cor inspiradora e que desperta a criatividade. Estimula as atividades mentais e o raciocínio.

Não é à toa que a cor foi escolhida para representar o mês de prevenção ao suicídio. O Setembro Amarelo surgiu em 2015 como uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), implantado primeiro em Brasília e estendido a todo País.

Desde o ano passado, a Prefeitura de Anápolis se engajou na campanha e promove no próximo dia 10, o 2º Fórum Municipal de Prevenção ao Suicídio, que visa envolver todos os setores da sociedade nesse tema que ainda é difícil de ser discutido, mas que a cada dia acomete mais pessoas. As inscrições podem ser feitas até o dia do evento somente aqui.

A gerente de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde, Juliana Macedo destaca que o objetivo do evento é esclarecer e sensibilizar profissionais, estudantes e a comunidade sobre o suicídio bem como as formas de prevenção e estratégias de cuidado as pessoas com ideação e tentativa autoextermínio e seus familiares.

Números
De acordo com estudo da Sociedade Brasileira de Psiquiatria e Conselho Federal de Medicina, todos os anos são registrados cerca de dez mil suicídios no Brasil e mais de um milhão em todo o mundo. A Organização Mundial de Saúde também fez um levantamento em que o suicídio é a segunda principal causa de morte entre jovens com idades entre 15 e 29 anos. Todos os dias, pelo menos 32 brasileiros tiram suas próprias vidas. Números que devem evitados ou reduzidos com políticas eficazes de prevenção do suicídio.

Em julho do ano passado, oCentro de Valorização da Vida (CVV) – uma associação civil sem fins lucrativos que trabalha com prevenção ao suicídio, por meio de voluntários que dão apoio emocional a todas as pessoas que querem e precisam conversar – deu um importante passo com a gratuidade do número 188 em todo o Brasil. É por meio dele que, juntamente com o Ministério da Saúde, estados e municípios, atua na prevenção de suicídios e salva milhares de vidas. Em Anápolis, passou a ser um instrumento de auxílio à rede de saúde mental.

Saúde mental
Em Anápolis, a rede de atenção à saúde mental do município possui três unidades do Caps e o Espaço Florescer – Ambulatório Municipal de Saúde Mental – que trabalham mediante encaminhamento das unidades de saúde. O Centro de Apoio Psicossocial da Infância e da Adolescência – Caps i Crescer atende crianças e adolescentes que possuem algum tipo de transtorno mental. A unidade conta com psiquiatras, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, enfermeiros e técnicas de enfermagem.

Essa mesma equipe multidisciplinar é encontrada nos Caps AD Viver, Vidativa e Espaço Florescer. Os Caps são serviços da Rede de Atenção Psicossocial destinados a prestar atenção diária a pessoas com transtornos mentais. As unidades oferecem atendimento à população, realizam o acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários.

Ainda atendem aos usuários em seus momentos de crise e apóiam a eles e suas famílias na busca de independência e responsabilidade para com seu tratamento. Os projetos desses serviços, muitas vezes, ultrapassam a própria estrutura física, em busca da rede de suporte social, potencializadora de suas ações, preocupando-se com a pessoa, sua história, sua cultura e sua vida cotidiana.

2º Fórum Municipal de Prevenção ao Suicídio – Setembro Amarelo
Data: 10 de setembro de 2019 (terça-feira)
Local: Auditório do Senac

8h: Inscrições e credenciamento
9h: Abertura oficial
10h: Conferência Magna – Suicídio: Prevenção e Posvenção
14h: Palestra - Rede e Fluxo dos Serviços de Saúde Mental de Anápolis
15h10: Mesa redonda - Práticas de Cuidado ao Usuário com Ideação e Tentativa de Suicídio na Rede de Atenção Psicossocial (RAPS)
17h: Encerramento

Serviço
Caps i Crescer
Horário de funcionamento: 7h às 17h (segunda a sexta-feira)
Endereço: Rua 07 de Setembro, n° 743 – Centro
Telefone: 3902- 2615

Caps AD Viver
Horário de funcionamento: 7h às 17h (segunda a sexta-feira)
Endereço: Rua Quintino Bocaiúva, esquina com a Rua Conde Afonso Celso – Centro
Telefone: (62) 3902-1299

Caps Vidativa
Horário de funcionamento: 7h às 17h (segunda a sexta-feira)
Endereço – Rua 1º de maio, nº 26 – Centro
Telefone: 3902-1698

Espaço Florescer – Ambulatório Municipal de Saúde Mental
Horário de funcionamento: 7h às 17h (segunda a sexta-feira)
Endereço: Rua Coronel Antônio Crispim, nº 155 – B. Jundiaí
Telefone: 3902-1485