Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Investimentos são mantidos no setor Cultural de Anápolis

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

28/04/2020 15h59 - Atualizado em 28/04/2020 16h04

Investimentos são mantidos no setor Cultural de Anápolis

Edital 2019 do Fundo de Cultura será liberado em seis parcelas mensais

Foi anunciado no Diário Oficial do Município nesta segunda-feira, dia 27 de abril, que o edital do Fundo Municipal de Cultura (FMC) de 2019 será pago em seis parcelas mensais e sucessivas nos próximos meses. O calendário oficial tem previsão para ser publicado na próxima segunda-feira, dia 4 de maio. O investimento é da Prefeitura de Anápolis, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. 

Os 31 projetos contemplados pelo FMC 2019 são propostas de ações, oficinas, eventos e festivais em diferentes áreas como teatro, dança, música, audiovisual e outros. As restrições para aglomerações e eventos trouxeram a necessidade de uma readaptação do cronograma do investimento do FMC, mas não houve suspensão. Cada projeto tem, a partir do depósito do recurso, o período de até um ano (1 ano) para colocar a proposta em prática e fazer a sua prestação de contas.

A partir do dia 4 de maio, nesta segunda-feira, será apresentado o calendário de repasses e projetos contemplados em cada um dos seis meses. “Teremos uma comunicação muito próxima com os proponentes dos projetos para avaliar o que já pode ser feito neste período de restrições, o que precisa aguardar o fim da quarentena e também o que pode ser adaptado, sem modificar o objetivo da proposta”, explica o secretário municipal de Cultura, Wilson Velasco.

Investimento
Batendo o recorde de projetos inscritos e de aumento do montante total, o edital 2019 superou em mais que o dobro de inscritos nas edições passadas, de 48 (2017) para 105 inscrições, e o aumento no montante, em 46%, de aumento em relação à edição anterior. Este ano serão liberados, dentro dos seis meses de repasses, o valor de 750 mil reais que impactarão artistas, prestadores de serviços e o comércio local.

As medidas governamentais de isolamento social impactaram diretamente a produção artística com as restrições às aglomerações e eventos, afetando produtores, grupos culturais e artistas. “A garantia do Fundo de Cultura neste momento é de grande importância para os artistas e um investimento que, através das demandas dos projetos, se estendem aos outros setores de nossa economia local”, aponta o prefeito de Anápolis, Roberto Naves.