Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Estabelecimentos comerciais são interditados por descumprirem normas sanitárias

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

15/05/2020 14h09 - Atualizado em 18/05/2020 14h26

Estabelecimentos comerciais são interditados por descumprirem normas sanitárias

Equipes compostas por policiais a fiscais circulam por várias regiões da cidade

“Há duas semanas estamos orientando verbalmente e até intimando os comércios para cumprirem as normas do decreto municipal. Hoje viemos interditar”, explica o fiscal de vigilância sanitária da Prefeitura Municipal de Anápolis, Clóvis Rafael. Ele e outras oito equipes compostas por fiscais e policiais militares iniciaram abordagens na Região Central e em outros bairros na manhã desta sexta-feira, 15. Além de interditados, os estabelecimentos serão multados em valores que variam de R$ 200 a R$ 80 mil – a depender da gravidade e recorrência.

Até as 14 horas, foram visitados aproximadamente 300 pontos comerciais, dos quais 10 foram interditados. As principais normativas observadas pelos fiscais são horário de funcionamento dos estabelecimentos - considerando que no quadrilátero da Região Central a abertura está restrita a horários entre 10 horas e 16 horas –, uso adequado de máscaras, tanto de funcionários quanto dos consumidores e quantidade de pessoas por metro quadrado. As exceções estão por conta de unidades que trabalham com alimentação ou medicamentos – consideradas essenciais. As ações devem continuar nos próximos dias.

As lojas instaladas no Mercado Municipal também foram orientadas a liberar abertura, às 7 horas, somente as que trabalham no ramo da alimentação. Algumas medidas tomadas pela administração e por outras empresas foram observadas por fiscais e consideradas bem-vindas no combate à Covid-19 - medição de temperatura na entrada dos estabelecimentos e uso de álcool em gel ou líquido.