Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Do problema crônico à solução definitiva

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

16/09/2019 15h27 - Atualizado em 16/09/2019 15h38

Do problema crônico à solução definitiva

Erosão que ameaçava engolir casas já é passado para moradores da Vila Formosa

R$ 6 milhões de reais. A cifra é robusta e está sendo usada para resolver um problema antigo e considerado, até então, crônico na Vila Formosa. A erosão, que ameaçou engolir casas e parcialmente a Avenida Presidente Vargas do bairro, está muito próxima de ser solucionada definitivamente – previsão é o final do mês de outubro.

Os moradores da região informam que várias medidas foram tomadas na tentativa de conter a erosão da Vila Formosa, mas fracassadas. “Era só começar a chover que começava tudo de novo. Tenhos vários amigos aqui do bairro e até a dona do salão que eu corto o cabelo que têm muito medo. Mas dessa vez, com uma obra tão grande, pelo jeito vai resolver”, diz a dona de casa, Dolores Queiroz de Oliveira.

A erosão avançava porque as medidas eram paliativas, somente muro de contenção. Entretanto, nessa gestão, foi feita toda a drenagem necessária para canalizar toda a água para evitar o processo erosivo. A obra começou em janeiro e está na fase de execução dos drenos profundos e terminando as galerias de águas pluviais. “Depois falta somente o plantio de grama e pavimentação”, afirma o secretário de obras, Francisco Lacerda.

Ele explica ainda que houve um pouco mais de demora além do previsto já que foi constatado, no início da obra, que o solo não tinha capacidade de suporte. “Então tivemos que fazer uma fundação profunda perto do bueiro”, explica.

Do problema crônico à solução definitiva