Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Cursinho da Prefeitura aprova 21 somente na UEG

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

11/01/2018 16h17 - Atualizado em 11/01/2018 16h18

Cursinho da Prefeitura aprova 21 somente na UEG

Número pode aumentar com resultado de outras instituições e do Enem

Uma perda irreparável há dez anos, mudou o rumo da vida da Flávia Neves Manzan, de 26 anos. Em 2008 teve uma filha que nasceu com uma doença congênita, sem perspectivas de cura. Parou de estudar para se dedicar à criança. Alguns anos depois veio outra filha, com muita saúde. Infelizmente em maio do ano passado a primogênita faleceu e foi a partir do estímulo do marido, Valcir Manzan, ela decidiu estudar e concluir o ensino médio.
 
Mas o companheiro de Flávia foi além, sabendo do potencial da esposa, a matriculou no cursinho PreparAção oferecido gratuitamente pela Prefeitura de Anápolis em parceria com a Fundação João de Oliveira, para estudantes que não tem a oportunidade de se preparar para o vestibular e o Enem em unidades particulares. "Falei pra ele que era uma loucura. Fiquei tanto tempo sem estudar e não tinha chances de entrar na universidade", conta. Mas, a perseverança venceu, e Flávia foi aprovada em 26º lugar para o curso de Pedagogia da Universidade Estadual de Goiás (UEG).
 
O resultado final do processo de seleção foi divulgado ontem, 10, e, além de Flávia, 21 dos 360 alunos matriculados no PreparAção foram aprovados na instituição. João Paulo Celestino, 17, foi um dos destaques alcançando a segunda colocação no curso de Sistema de Informação. O bolsista de uma escola particular vai direto do ensino médio para a universidade. "É um orgulho muito grande. Sempre trabalhei duro para que ele pudesse ter uma boa educação. Conseguimos uma bolsa e apareceu essa chance do cursinho da Prefeitura. Estou feliz demais", comemora o pai do garoto, o técnico eletricista Nilsley Celestino.
 
A exemplo de João Paulo, Paula Estefany Batista também vai direto pra faculdade. Moradora da Vila Jaiara, a jovem de 18 anos, atribui a aprovação em Ciências Econômicas a muito estudo, dedicação e à qualidade do conteúdo e dos professores do PreparAção. "Foi formado um grande time de professores, os melhores da cidade. Não perde em nada para os cursinhos particulares”. 
 
Amanda Palmério, moradora do Conjunto Filostro Machado, aproveitou o ensino integral que cursava no Instituto Federal de Goiás (IFG) para, aos 17 anos, ficar na quinta colocação do curso de Administração da UEG. Quem também deixou muitos concorrentes para trás foi o Gabriel Henrique Pacífico, que ficou na 15ª colocação do curso de Arquitetura e Urbanismo com apenas 24 vagas e 405 inscritos. "O cursinho foi fundamental", diz.
 
Mais aprovações
Segundo a coordenadora do PreparAção, Lany Bragança, o número de aprovados pode aumentar com o resultado de outras faculdades que ainda não foram divulgados e também do Enem previsto para o próximo dia 19. "Poderemos ter mais surpresas boas como essa", ressalta. Para o presidente executivo da Fundação, Luiz Antônio Nogueira, a vontade da Prefeitura foi decisiva para o sucesso do cursinho. "É uma ação conjunta entre a Prefeitura e a Fundação, mas o papel do município foi decisivo nesse processo de inclusão", destacou. 
 
Alguns dos alunos aprovados foram recebidos pelo prefeito Roberto Naves em seu gabinete que, além de parabenizá-los por essas vitórias, disse que a expectativa é abrir mais vagas para este ano, atendendo assim um número maior de estudantes. "Como professor me sinto realizado porque é uma oportunidade de dar as mesmas condições a alunos de escolas públicas e privadas, com menores ou maiores condições. Como gestor me sinto honrado, pois esse foi um dos principais compromissos que fizemos com a população", ressaltou Naves.