Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Caminhada da campanha Eu sou do Bem - Eu sou de Deus marca união pela paz

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

05/12/2017 12h03 - Atualizado em 05/12/2017 12h05

Caminhada da campanha Eu sou do Bem - Eu sou de Deus marca união pela paz

Evento contou com representantes de várias denominações religiosas, de instituições filantrópicas e da sociedade organizada

Centenas de pessoas se reuniram, na noite desta segunda-feira, 4, no Parque Ipiranga para celebrar a paz e o amor entre os povos. Atendendo a campanha Eu sou do bem – Eu sou de Deus, idealizada pela Cruzada pela Dignidade, elas também percorreram as principais vias do Bairro Jundiaí. 
 
Representantes de várias denominações religiosas, ainda na concentração, se juntaram ao presidente de honra da Cruzada pela Dignidade, o juiz Carlos Limongi Sterse, e ao prefeito Roberto Naves para falar sobre a importância do movimento e de temas pertinentes como honestidade, solidariedade, amor, dignidade, misericórdia e esperança. Participaram também membros de várias instituições filantrópicas e da sociedade organizada.
 
Para o prefeito Roberto Naves esse é um compromisso que deve ser permanente. “A paz só será alcançada com a participação de todos. Autoridades e a população têm o mesmo objetivo”, declarou. Caminhando na mesma direção, católicos, evangélicos, espíritas, islâmicos, membros da fé bahai e da federação pela paz marcaram presença, sem distinção de credo. A intenção era ampliar a corrente do bem. 
 
O juiz Carlos Limongi ressaltou as três vertentes da campanha: a prática de boas ações diárias; orações contínuas e a utilização das redes sociais para ações edificantes. 
Juntos todos acenderam a Lamparina de Diógenes, um símbolo da campanha que já percorreu diversos locais da cidade representando a honestidade e a dignidade humana. 
 
Saiba mais
Na Grécia Antiga, Diógenes foi exilado de sua cidade natal e se mudou para a capital Atenas. Lá, se tornou discípulo de Antístenes, antigo pupilo de Sócrates. Perambulava pelas ruas carregando uma lamparina durante o dia, alegando procurar por um homem honesto. Por acreditar que a virtude era melhor revelada na ação e não na teoria, sua vida consistiu numa campanha incansável para desbancar as instituições e valores sociais do que ele via como uma sociedade corrupta.
 

Caminhada da campanha Eu sou do Bem - Eu sou de Deus marca união pela paz