Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Atividades adaptadas para alunos PCDs

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

19/06/2020 10h18 - Atualizado em 25/06/2020 13h03

Atividades adaptadas para alunos PCDs

Objetivo é gerar qualidade de vida para crianças e adolescentes que têm algum tipo de deficiência

Neste período de restrições devido ao combate da Covid-19, profissionais técnicos da Secretaria Municipal de Esportes visitam alunos PCDs (pessoas com deficiência) do programa de atividades adaptadas. O objetivo é orientá-los sobre a prática segura e correta de exercícios físicos e auxiliá-los a manter sua condição de saúde e qualidade de vida.

Foi assim com a Vitória Bressan, de 17 anos, portadora de deficiência visual e déficit intelectual. Sob a orientação da analista de esportes, Silvana Pacheco, realizou vários exercícios. Todos por meio da utilização de objetos que ela já tem em sua casa, que se transformam em equipamentos improvisados que ajudam na atividade física.

A sequência começou com exercícios de elevação de braços e a flexão lateral de corpo. Foi utilizado um bambolê, que ofereceu a dinâmica necessária para a prática eficiente da atividade. Em seguida a flexão lateral de tronco, seguida de extensão dos braços ao longo do corpo.

A professora Silvana trabalhou também com Vitória exercícios de rotação de tronco e de agachamento. Por fim foram feitos movimentos de tríceps. Foram utilizados um pedaço roliço de madeira, uma garrafa plástica de dois litros cheia de água e cordões. Os braços ficam fixos ao longo do corpo. A madeira deve ser levada da coxa ao peito.

O secretário de Esportes, Karim Abrahão, destacou a importância desta ação. Segundo ele o próprio prefeito Roberto Naves incentivou que, com criatividade, os professores auxiliassem os alunos no ambiente de suas residências, com segurança. ‘‘O objetivo é manter o condicionamento físico das crianças e adolescentes que têm algum tipo de deficiência’’, disse.

A diretora de Esportes, Simone Pereira, credita os bons resultados deste programa à qualidade dos profissionais de Educação Física da Secretaria e à estratégia de fortalecimento do esporte estabelecida pela gestão municipal. “A professora Silvana Pacheco é um exemplo da qualidade profissional e do engajamento dos demais professores em atividades essenciais como o programa de atividades adaptadas”, concluiu a diretora.   

Esporte em Ação

O programa, desenvolvido pela Prefeitura por meio da Secretaria de Esportes, visa oportunizar a iniciação esportiva, aperfeiçoamento e treinamento às crianças e adolescentes de nossa cidade. Em 2019 foram atendidos mais de 2,5 mil jovens em quase 20 modalidades. Destas, 90 PCDs (pessoas com deficiência).