Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Anápolis celebra Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

11/02/2020 09h05 - Atualizado em 11/02/2020 09h10

Anápolis celebra Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência

Pesquisadoras anapolinas ganham destaque na comunidade científica

“Anápolis tem uma grande quantidade de cientistas e isso precisa ser destacado. Além de incentivar a entrada de novas mulheres nos campos da pesquisa, precisamos dar destaque e valorizaras cientistas que atuam na nossa cidade”, diz Eva Cordeiro, diretora de Planejamento, Controle, Tecnologia e Inovação na SEMED (Secretaria Municipal de Educação). O motivo da fala é que esta terça é dia de celebrar os feitos de mulheres na área e encorajar gerações mais novasa buscarem carreira científica.

Há cinco anos, o dia 11 de fevereiro foi estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência. A data foi criada para promovera participação integral e igualitáriade mulheres na ciência em relação ao gênero masculino, tornando o ambiente acadêmico mais representativo socialmente.

Na Revista Anápolis Digital, publicada semestralmente pela Secretaria Municipal de Educação com um compilado de artigos científicos, as mulheres têm saído na frente. Segundo a editora Mary Marcon, uma das responsáveis pela seleção dos artigos, a revista costuma divulgar muito mais peças escritas por mulheres do que por homens. “As últimas duas edições da revista, por exemplo, foram dominadas por autoras. E tem sido assim quase sempre”, completa Mary. Segundo a editora, isso nunca aconteceu por nenhum fator de incentivo ou favorecimento, mas porque a procura e envio de artigos acontece muito mais por parte delas.

Nem tudo são flores. Apesar do espaço notável ganhado pelas mulheres na educação e na força de trabalho durante as últimas décadas, a desigualdade continua existindo. De acordo com o Instituto de Estatísticas da UNESCO (UNESCO-UIS), apenas 28% dos pesquisadores do mundo são mulheres, que continuam sub-representadas nos campos da ciência, engenharia e matemáticas (STEM), tanto no âmbito da graduação quanto no âmbito das pesquisas.

A pesquisadora e botânica Mirley Luciene dos Santos falou sobre a relevância da celebração desse dia. “É muito importante, porque nós nos deparamos com uma questão muito séria: a ciência no Brasil está muito distante da população. Quando se fala em um pesquisador, a população imagina a figura de um homem dentro de um laboratório, um ‘gênio’, e se assustam quando veem mulheres na ciência. Este dia é uma forma de promover a ciência e desmistificar os cientistas, mostrando que existem, sim, mulheres na área”, defende Mirley.

A professora e pesquisadora Joelma Abadia Marciano de Paula, que realizou um projeto em Anápolis para descoberta de produtos naturais que possam ser úteis para a saúde humana, mandou um recado para as mulheres que querem seguir carreira cientifica: “Nunca foi fácil, mas também é extremamente gratificante. No que se refere a nossa competência, capacidade e potenciais de desenvolvimento na pesquisa, não há nenhuma diferença no fato de ser mulher. É preciso acreditar no potencial que temos, pois somos capazes de tudo”, destaca Joelma.

Revista Anápolis Digital
A Revista Anápolis Digital é disponibilizada pela Secretaria Municipal de Educação, por meio da Diretoria de Planejamento, Controle, Tecnologia e Inovação. Criada em 2010, a revista é também apresentada na versão impressa. Os artigos a serem publicados devem ser enviados para o e-mail revistaanapolisdigital@edu.anapolis.go.gov.brem Word (doc ou docx), de preferência, de acordo com o Template.