Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ A primeira oportunidade de servir e aprender

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

06/12/2018 15h38 - Atualizado em 07/12/2018 16h49

A primeira oportunidade de servir e aprender

Programa de estágio da Secretaria Municipal de Saúde tem quase 200 estudantes em processo de formação nas mais diversas áreas

“Eu passei por um momento difícil com a perda do meu pai no início do ano. Ele ajudava a me manter aqui em Anápolis. O estágio chegou no momento certo, colaborando financeiramente e, acima de tudo, me aperfeiçoando como profissional”. O desabafo é do estudante de Farmácia Aparecido Modesto, 24 anos, que há quatro meses é estagiário no setor de marcação de consultas e exames na unidade de saúde do Anexo Itamaraty.

Natural de Mozarlândia, Aparecido mora em Anápolis para fazer faculdade e encontrou no estágio a condição de permanência nos estudos. “Se eu não tivesse tido essa oportunidade, possivelmente teria trancado a faculdade e voltado para a casa da minha mãe”, complementa. E essa abertura de espaço é consenso entre os quase 200 estagiários que atuam em diversas áreas na Secretaria Municipal de Saúde.

Maximiliano Santana, 23, é estudante de Direito e já vai para o segundo ano de estágio no departamento jurídico. Foi seu desempenho que fez com que o contrato fosse aditivado por mais 12 meses. “Aqui aprendo muita coisa que vou levar para minha vida profissional”, conta. Já a acadêmica de Administração, Thalita Borges, 25, enxerga o estágio como uma experiência importante para sua inserção no mercado de trabalho e seu futuro na profissão. “É uma grande oportunidade de colocar em prática o que aprendemos na faculdade. Essa vivência é fundamental para nosso desempenho”, diz.

Proporcionar a quem está se preparando para o futuro, a vivência e a possibilidade de aliar a prática à teoria – gerando oportunidade de conhecimento –, é justamente o objetivo do Núcleo de Educação em Saúde que gerencia o programa de estágios na Secretaria Municipal de Saúde. “Temos a visão de integração entre instituição de ensino e serviço público e proporcionamos para nossos estagiários a vivência de colocar o que eles aprendem de forma teórica num processo prático”, ressalta a coordenadora do Núcleo, a psicóloga Hávila Vaz Araújo.

Educação
O Núcleo de Educação em Saúde é responsável pelo gerenciamento de estágios remunerados obrigatórios, permanentes e voluntários, além da educação permanente. A coordenadora explica que a modalidade voluntária é uma novidade na gestão pública, criada pelo prefeito Roberto Naves em abril desse ano, por meio de projeto de lei, aprovado na Câmara Municipal. “No estágio voluntário os profissionais formados colocam em prática a sua experiência e dispensam tempo para melhoria do atendimento ao usuário da rede municipal de saúde”, explica.

Sobre, o programa de estágios, Hávila Vaz Araújo informa que a Secretaria Municipal de Saúde é a maior receptora dentro da administração pública dessa mão-de-obra. “Com o estágio, o profissional que está em processo de formação ganha conhecimento, adquire a capacidade de visualizar a realidade e o que é possível ser aplicado do que é aprendido no processo teórico” finaliza.