Página Inicial / Multimídia/ Notícias/ Ações para fortalecer o setor em Anápolis e outras oito cidades são discutidos em Fórum

ImprimirImprimir

Tamanho da fonte fonte fonte

13/06/2018 14h35 - Atualizado em 13/06/2018 15h01

Ações para fortalecer o setor em Anápolis e outras oito cidades são discutidos em Fórum

Censo hoteleiro mostrou que Anápolis conta com 27 meios de hospedagem, 1.250 leitos, sendo que, 60% dos hotéis não possuem redes sociais ou sites

Foto: Daniel Carvalho - Ascom

O 1º Fórum Regional de Turismo de Anápolis aconteceu nesta quarta-feira, 13, no auditório do Park Imperial Hotel, e teve como objetivo discutir e apresentar ações para fortalecer e promover o crescimento do setor no município e em mais oito cidades selecionadas pelo Goiás Turismo, da Agência Estadual de Turismo, que estão dentro do mapa turístico.

Recentemente foi realizado o censo hoteleiro, que mostrou que Anápolis conta com 27 meios de hospedagem, 1.250 leitos, sendo que, 60% dos hotéis não possuem redes sociais ou sites. “A princípio estamos trabalhando muito com a parte de propaganda. Estamos procurando mídias que possam contribuir com isso. Ao final deste evento criamos um grupo que vai trabalhar intensivamente para que isso aconteça”, disse o presidente do Fórum de Tradições e Negócios do Governo de Goiás, Guido Marco Brem, que falou sobre a possibilidade de reunir, em uma única plataforma, informações sobre as atrações turísticas de todas as cidades que compõe essa rede.

O coordenador de estruturação de destinos turísticos da Goiás Turismo, Luciano Guimarães, reforçou a importância da criação do Plano Diretor de Turismo e de um Conselho Municipal de Turismo ativo para a viabilização dessas ações. “Este encontro é importantíssimo para promover o diálogo no âmbito regional e até mesmo nacional no que se trata do turismo”, afirmou. 

Na oportunidade, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Turismo, Adriano Baldy, apresentou ações desenvolvidas em Anápolis, como a sinalização com totens turísticos em vários pontos; a implantação de um roteiro cultural com o City Tour; o Festival Gastronômico dos Imigrantes, com a inserção deste evento no circuito estadual; a construção do Centro de Recepção e Atendimento ao Turista (Cerat), no Parque da Cidade; e as festas típicas em todos distritos. 

“O importante é ter um diferencial, algo que agregue e marque os eventos, como a qualidade do serviço e do atendimento oferecido. É fundamental fomentar o turismo, que está ligado ao desenvolvimento econômico da cidade”, pontuou o secretário.   

Participaram do evento cerca de 20 representantes do setor privado, do terceiro setor e do poder público de várias cidades. A recepção contou com um café da manhã e a exposição Trilhos da Memória – Estação Anápolis, do Instituto do Patrimônio e Cultura Profº Jan Magalinski, com nove obras que relembram – do ponto de vista de diferentes artistas plásticos anapolinos – a história da imigração em Anápolis. “Os patrimônios históricos do município são fundamentais para a consolidação do turismo aqui, como a Estação Ferroviária Prefeito José Fernandes Valente, Estação Ferroviária General Curado e o Museu Histórico de Anápolis”, disse o historiador e curador da exposição, Jairo Alves Leite.

A diretora de Indústria, Comércio e Turismo, Eva Cordeiro, lembrou ainda que Anápolis é uma cidade que possui grande potencial de turismo industrial e de negócios. “Desenvolveremos um calendário turístico do município e iremos criar uma página para divulgar pontos importantes, mostrando desde a gastronomia, hospedagem, até eventos. Queremos fortalecer os agentes de turismo”, concluiu.

Faz parte da rota da Goiás Turismo Anápolis, Bela Vista, Hidrolândia, Goiânia, Aparecida de Goiânia, Nova Veneza, Trindade, Nerópolis e Terezópolis.

 

Ações para fortalecer o setor em Anápolis e outras oito cidades são discutidos em Fórum